Sebrae realiza Seminário de Piscicultura em Santa Inês

O evento reuniu no auditório do Sebrae mais de 100 pessoas. O objetivo foi discutir e avaliar as ações realizadas pela instituição, por meio do Projeto de Piscicultura

Em uma realização do Sebrae Maranhão, por meio de sua unidade regional de Santa Inês, aconteceu nesta terça- feira (27), o III Seminário de Piscicultura, que reuniu no auditório do Sebrae no município, mais de 100 pessoas, dentre autoridades, representantes de instituições parceiras, empreendedores rurais e equipe técnica do Sebrae.

O evento é organizado anualmente para avaliar as ações realizadas pelo Projeto de Piscicultura na Regional Santa Inês, desenvolvido pelo Sebrae Maranhão, que teve início na região em 2015 e que atende empreendedores rurais dos municípios de Matinha, Arari, Vitória do Mearim, Bom Jardim, Viana, Penalva, Santa Inês e Monção. Atualmente 220 piscicultores são atendidos por meio de cursos, capacitações específicas, consultorias e missões técnicas.

O Seminário discutiu temáticas visando o fortalecimento do setor da piscicultura na região, apresentando perspectivas da cadeia produtiva e o fortalecimento das parcerias para os próximos anos, com maior integração entre parceiros e piscicultores atendidos.

O presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho, esteve presente ao evento representando os demais membros do colegiado. Na ocasião, afirmou que o empreendedorismo no campo continuará sendo foco do Sebrae. “Uma das prioridades do Sebrae é e continuará sendo levar conhecimento que contribua para o fortalecimento do empreendedorismo rural, seja piscicultura, agricultura familiar e pecuária”, afirmou Raimundo Coelho.

Presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho, entregando o certificado a um dos 300 participantes do programa Negócio Certo Rural, executado na regional de Santa Inês

O evento também contou com a presença do diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Antônio Feitosa, além de secretários municipais de agricultura e representantes da Agência Estadual de Extensão Rural e Pesquisa (Agerp).

Piscicultores de Matinha, Arari, Vitória do Mearim, Bom Jardim, Viana, Penalva, Santa Inês e Monção participaram das discussões e acompanharam as palestras dos engenheiros de pesca e especialistas em piscicultura, José Américo Cabral e Wescley Matos, consultores credenciados junto ao Sebrae, que falaram respectivamente sobre o cultivo de tambatinga em viveiros escavados e noções de nutrição de peixes e índices de desempenho.

O presidente da Associação dos Piscicultores de Itans, Narlon Santos, participou do evento e na ocasião ressaltou a mudança de vida que os que obteve após capacitação e apoio do Sebrae.

“A produção melhorou e a lucratividade dobrou, garantindo qualidade de vida para a comunidade. Agora meus filhos estão estudando em escola particular graças ao trabalho na piscicultura”, relatou o produtor.

O gerente regional do Sebrae em Santa Inês, Wamberg Amaral, ressaltou o trabalho realizado pela instituição na área da piscicultura. “Reafirmamos o nosso compromisso, enquanto instituição de fomento ao empreendedorismo, de continuar dando o apoio necessário a esses piscicultores, como forma de fortalecer o empreendedorismo rural, por meio do conhecimento e transferência de tecnologia”, pontuou Amaral.

Ao centro, o presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho, juntamente com o gerente regional do Sebrae em Santa Inês, Wamberg Amaral, com sua equipe técnica e representantes de instituições parceiras

O Seminário encerrou com a certificação de quinze 15 turmas do programa Negócio Certo Rural, por meio do qual o Sebrae em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), capacitou 300 empreendedores rurais da região.

 

Fonte: Assessoria Sebrae/Regional Santa Inês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

%d blogueiros gostam disto: